Saúde de Oliveira dos Brejinhos inicia mutirões preventivos contra o Aedes Aegypti

Sexta, 03 de Março de 2017

Saúde

As ações seguem durante todo o mês de março, na sede e nos principais povoados

 

Com uma ação educativa por todo o bairro Vila Maria e na Rua Ouro Preto, na cidade de Oliveira dos Brejinhos, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica (Viep), iniciou, nesta sexta (03), a série de mutirões preventivos e de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Chikungunya, Dengue, Febre Amarela e Zika. Os mutirões serão realizados na sede e nas principais comunidades da zona rural do município.

A ação começou às 8horas, com 32 servidores entre agentes comunitários de Endemias (ACE) e de Saúde (ACS), coordenações da Viep, Vigilância Sanitária (Visan) e Comunicação do município (Ascom). Com panfletos educativos e veiculando informativos em carro de som, os agentes visitaram quase todas as ruas do bairro mais populoso da cidade.

Realizaram inspeções em residências e orientaram moradores para que mantenham todos os reservatórios de água tampados e limpem as calhas dos telhados, os quintais e terrenos baldios. Também solicitaram que nos próximos dias os moradores juntem todo lixo que possa reter água durante as chuvas (plásticos, vasilhames e cacarecos inúteis em geral), acondicionem em sacos ou caixas e coloquem em via pública na sexta, 17, dia que a Prefeitura vai realizar uma coleta especial no bairro.

 

Mutirões têm caráter preventivo

 

De acordo com a secretária de Saúde, a assistente social Zaire Ormonde de Souza Almeida, no ano passado Oliveira dos Brejinhos teve registros de casos de dengue e casos suspeitos de Zika. “Agora em 2017, nesses dois meses de nossa gestão, temos registro de apenas um caso de dengue, mas a importância do mutirão está na prevenção, o que é fundamental para que a saúde pública funcione”, declarou Zaire Ormonde.

E foi pensando também em prevenção, que a dona de casa Maria José Santana, dona Bia de Nau, 46 anos, procurou a equipe para informar sobre locais particulares críticos em acúmulo de lixo, pedindo providências. “Eu mesmo tenho muita velharia no quintal, cacarecos que não têm serventia nenhuma, que vou botar tudo pra coleta da caçamba”, disse, fazendo questão de explicar que "quem juntou a velharia foi o marido, pedreiro".

Durante o mutirão da Vila Maria, na ida à Rua Ouro Preto, a diretora da Viep, enfermeira Élida Maciel Lobo dos Santos, que se vestiu em alusão ao Aedes, na ação, constatou a necessidade urgente de ações de políticas públicas no local, especialmente sociais e educativas. “É absurda a carência social que essas famílias estão vivendo. Mas tenho certeza que o governo vai adotar providências, pois a desinformação contribui muito pra que as ações de saúde pública não funcionem”, disse.

 

Próximo mutirão será na comunidade de Queimada Nova, no próximo dia 08

 

O cronograma do mutirão prossegue com a comunidade de Queimada Nova, no próximo dia 08 de março. Segundo a diretora da Viep, Élida Lobo, o mutirão de Queimada Nova e todos os próximos agendados (veja abaixo) já contarão com a equipe da Limpeza Pública, com caçamba para recolhimento do lixo coletado antecipadamente pelos moradores. “Vamos fazer bastante publicidade antecipada, pedindo aos moradores que já comecem a juntar o lixo antes, para o recolhimento no dia do mutirão”, Explicou. O cronograma dos mutirões é o seguinte: Dia 08 - Queimada Nova; dia 15 - Canabrava; 17 - novamente Vila Maria e adjacências; 22/03 - Campo Formoso (Beira Rio); 24/03 - Alto da Boa Vista (sede); 29/03 - Bom Sossego; e 31/03 - novamente Alto da Boa vista e adjacências). 


Ascom_Deodato_Alcântara_DRT-BA 6166


Últimas Notícias